Projecto Lynx's Logo
  • Home
O Projecto Lynx não se encontra relacionado com nenhum dos projectos oficiais e instituições públicas empenhadas na recuperação do Lince Ibérico (nomeadamente, ICNF). Somos um projecto independente que tem como objectivo a sensibilização do público e a educação ambiental acerca do Lince-Ibérico.

O caso preocupante do coelho-bravo

Foi na semana passada apresentado os resultados do projecto “SOS Coelho: bases para a recuperação de espécie chave nos ecossistemas Ibéricos” em Mértola. O estudo foi realizado entre Novembro 2014 e Maio 2016 com o principal objectivo de investigar da nova estirpe da Doença Hemorrágica Viral do coelho-bravo, e definir soluções para minimizar os impactos.

facebooktwitterredditpinteresttumblrmailfacebooktwitterredditpinteresttumblrmail

Sétima morte por atropelamento

Ao pé da população de lince-ibérico em Doñana, foi encontrado uma fêmea morta por atropelamento. O acontecido foi na segunda-feira, 16 de maio, na estrada A-483 entre Almonte e El Rocío. A fêmea não tinha coleira de monitorização.

Programa LIFE+Iberlince informa que este individuo foi transportado para o Centro de Analise e Diagnóstico da Fauna Silvestre na Junta de Andaluzia para a necropsia.

É a sétima morte de lince-ibérico por causa de atropelamento este ano.

facebooktwitterredditpinteresttumblrmailfacebooktwitterredditpinteresttumblrmail

Segunda ninhada de lince-ibérico confirmada em Portugal

Nasceu a segunda ninhada de lince-ibérico no Vale do Guadiana em Portugal! A progenitora é a Lagunilla, com dois anos de idade, proveniente do Centro de Reprodução de Zarza da Granadilla em Espanha, libertada a 11 de maio de 2015 na Herdade das Romeiras.

O ICNF confirma a existência de possivelmente três crias, duas destas terem sido fotografadas a 12 de maio. Com monitorização por foto-armadilhagem indicou-se que Lagunilla tinha entrado em cio, “sendo frequentemente detectada com o macho Luso”, e que a gestação acabou por ser confirmada pelo “aumento da dimensão do seu abdómen”. O parto terá ocorrido entre 2 a 8 de março.

De acordo ao ICNF, o território de Lagunilla possui uma densidade de coelho-bravo muito alta, que são condições essenciais para a estabilização das fêmeas de lince-ibérico. Aqui também existem várias oliveiras centenárias que podem ser usadas como tocas.

facebooktwitterredditpinteresttumblrmailfacebooktwitterredditpinteresttumblrmail

Quatro exemplares de lince-Iberico reintroduzidos em Castela-Mancha

Quatro exemplares de lince-ibérico foram libertados hoje nas áreas de reintrodução em Sierra Morena e Montes de Toledo, para reforçar as novas população de Castela-Mancha.

Três indivíduos de lince-ibérico foram libertados na província de Ciudade Real e um na província de Toledo. Em Ciudade Real foram libertados a Minerva, e os machos Milvus e Molusco, os três nascidos no centro de reprodução de Zarza de Granadilla. Em Toledo foi libertada a Manzanilla, que também nasceu no mesmo centro de reprodução que os outros três.

facebooktwitterredditpinteresttumblrmailfacebooktwitterredditpinteresttumblrmail

Montes de Toledo recebe mais dois linces-ibéricos

Moruno a ser libertado em Montes de Toledo. Foto: Iberlince
Moruno a ser libertado em Montes de Toledo. Foto: Iberlince

Programa LIFE+Iberlince libertou ontem, dia 5 de Maio, dois exemplares de lince-ibérico em Montes de Toledo, em Castela-Mancha. Estes linces têm um ano de idade, terem nascido dentro do programa de reprodução ex-situ em 2015.

Um dos linces chama-se Moruno, filho de Brisa e Jota, e nasceu no Centro de Reprodução de El Acebuche (Huelva). O outro lince chama-se Mazapán, filho de Estela e Gitano, e nasceu no Centro de Reprodução de Zarza de Granadilla (Cáceres).

Moruno e Mazapán são dois de dez exemplares de lince-ibérico que iram ser reintroduzidos este ano em Montes de Toledo. Eles partilham agora a área com Mosto, Malvasia, Malabar, Machés e Mirabel, que já tinha sido libertados este ano.

facebooktwitterredditpinteresttumblrmailfacebooktwitterredditpinteresttumblrmail